Gladston Salles

O amor é o tudo no nada que somos

Textos



Não consigo exprimir em palavras
o que sinto nesse momento,
mas, por certo deixará marca indelével
no instante; que é tudo que temos
de modo incontestável na vida,
tão fugaz, mas perceptível,
tal qual  a luz do luar
que penetra subitamente
por entre as folhagens
que oscilam ao sabor do vento na árvore centenária,
e logo se desfaz,
deixando no peito o sentimento profundo
da comunhão do homem com a natureza e o espaço sideral.
Não quero apenas
deixar pegadas na areia,
quero sim,
que a vibração do que sinto interaja no todo
consciente de que intersomos
e, então se perpetue
nesse ciclo de infindáveis idas e vindas, morte e renascimento.
Nada conseguirá me deter,
pois essa minha energia é como um milagre,
uma magia inexplicável,
algo transcendental,
que a tudo vence e é capaz de transformar.
Não sei traduzir perfeitamente o que sinto...
Sei apenas que o meu coração
está transbordando de Amor e Compaixão.
Gladston Salles
Enviado por Gladston Salles em 12/02/2020
Alterado em 12/02/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras