Gladston Salles

O amor é o tudo no nada que somos

Textos



Aqueles dias se foram...
E eu fiquei assim
Aprisionado nessa saudade
Tento me libertar, mas não consigo
E no caminho carrego essa bagagem
Feita de antigas recordações
Cujo peso é difícil de suportar
Aqueles dias se foram...
Estou triste
Com o olhar perdido no horizonte
Entediado e sem perspectiva
E sinto um vazio imenso dentro de mim
Logo eu que conheci de perto a felicidade
Perdi todas as motivações
Que alimentavam os meus sonhos
Aqueles dias se foram...
Estou sem rumo
Sozinho nessa estrada sombria
Com o coração fragmentado
E não sei o quanto ainda terei de caminhar
Antes de chegar ao derradeiro fim











Gladston Salles
Enviado por Gladston Salles em 24/07/2011
Alterado em 24/07/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link gladstonsalles.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras