Gladston Salles

O amor é o tudo no nada que somos

Textos

                                                  

                                            ADEUS, "ZÉ ALGUÉM"


Uma leitora comentou que o "Zé Alguém" partiu...E eu teimei em não acreditar.
Fiquei torcendo para que fosse "uma brincadeira de mau gosto" ou que a página dele no "Orkut" tivesse sido clonada.Desconfiado acessei várias vezes a página do "Zé Alguém MARIANO" na esperança de encontrar um desmentido.Mas o aviso da família não deixa dúvida:
"Zé Alguém" faleceu em 03/04/09.Nós da família agradecemos as mensagens enviadas.Abraços.Paz e Bem.
Diante desse fato fico sem palavras...Tarefa difícil pra mim falar com competência sobre o valor desse homem nascido em Itajubá,Minas Gerais e que conquistou uma legião de amigos e admiradores.Todos nós sentimos muito a sua ausência.E ficamos orfão de belas imagens,orientação e conselho.Aquela voz amiga calou-se para sempre...
Raramente encontramos no mundo virtual alguém tão verdadeiro.Ele era uma pessoa simples,mas dotado de elevadas qualidades morais.Lutador incansável em prol da cidadania usava a internet como arma para denunciar as injustiças sociais.Extremamente religioso aproveitou o fato de terem clonado a sua página para acrescentar ao seu apelido o termo MARIANO e se tornar inconfundível.E conseguiu...porque jamais teremos outro igual.Basta refletir com a devida atenção sobre o perfil que escreveu:
"quem sou : sou um ser vivo aprendendo a ser HUMANO,sou um deficiente físico feliz que adora viver;porém pronto para partir! "
Veja que grandeza de espírito e demonstração de simplicidade,autenticidade e serenidade. As mensagens que deixou para todos nós deve ser conservado como pérolas preciosas e relido sempre que a aflição, a tristeza, a angústia ou desesperança aparecer em nosso caminho.Façamos o possível para seguir o seu exemplo de fé,solidariedade, coragem,determinação e entusiasmo.Caso contrário todo o seu esforço terá sido em vão...
Nosso amigo "Zé Alguém MARIANO" partiu e estava pronto pra isso...Só esqueceu de nos ensinar a sufocar a dor dessa saudade...
Adeus,"Zé Alguém" !



 

 
Gladston Salles
Enviado por Gladston Salles em 04/05/2009
Alterado em 22/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link gladstonsalles.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras